Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


6/18/2014

Toda vitrine tem dois lados...

         
A ilustração abaixo é linda... E os traços são marcantes não só por questões artísticas, mas por mostrar, com sensibilidade, que existem dois lados de uma mesma história...  Toda vitrine tem dois lados! 
   

          Há quem diga que, com a Copa, o Brasil está 'nas vitrines do mundo' (Ou que é uma vitrine para o mundo... - se não é isso é algo parecido com isso); há também os que dizem que o Brasil ganha mais do que perde sediando a Copa... Outros não entendem o sentido das manifestações contrárias (não só nas ruas) ao Mundial, e que a grande manifestação deveria ser nas urnas etc.  Dizem que até o inusitado está acontecendo: são os estrangeiros que estão contagiando os caRIOcas (enfadados com tudo que parece ser, e não é...)... 
         Entretanto, o que realmente dentro desse "disse e disse" não pode (e não deve) ser esquecido, independentemente de vitrine, status, esporte, festa,  é o Povo Brasileiro... O mesmo que não vê seus direitos respeitados (inclusive o de se manifestar democraticamente); o mesmo que vê seus cofres saqueados pela corrupção galopante; que fica na fila do SUS, não tem materiais essenciais para tratamentos, e aguarda atendimento no chão dos corredores dos hospitais; o que vê os que estão fazendo seu trabalho, cumprindo seus deveres, no entorno dos estádios sem direito a almoço, mas a  01Kit Lanche (com um pão, uma maçã e goiabada) - assunto noticiado, vide no link da matéria; o mesmo que vê os recursos iniciais para a grande festa triplicarem facilmente, enquanto recursos para infraestrutura do e para o País, como educação, cultura, saúde, transporte público, moradia..., serem geridos com toda e maior burocracia possível (providencialmente) - onde acontece que, por exemplo, estradas e muitas obras são verdadeiros "elefantes brancos" (mal acabados ou inacabados,  abandonados e/ou superfaturados) pelo país afora... E a lista é imensa!  E, talvez, por imensa ser, muitos não conseguem nem decorar, tendendo a esquecer...  
          Então, a questão sobre a 'grande festa' não é se ela é importante para o mundo, e sim ter a sensibilidade para ver que para tudo existem dois lados (pelo menos) de uma mesma história, ou seja: se 'ela' era ou é necessária prioritariamente para o Brasil...?!, por exemplo. 
         Não somos e nunca seremos a favor da violência; nem somos contra ou favor por ser simplesmente, e sim a favor da discussão dos fatos, da reflexão sobre direitos e deveres, do direito democrático de manifestação e da liberdade de expressão (legal, constitucional)...  E dentro desse contexto, há que se respeitar também quem não vê a glória da festa... Há que se pensar nas vidas que estão pagando para o 'mundo se divertir'... Há que se ter "fairplay" não só com os visitantes, bem como com 'os donos da casa', que vêem tudo isso como não mais do que pão e circo caríssimos, comprados de empresas multimilionárias...  
            Afinal, ao fim dessa grande festa, depois de satisfazer os protocolos impostos pelos 'gestores da festa', quem vai ficar com o dia a dia e os resultados do que Não foi feito em prol do Povo, será... o Povo Brasileiro! O verdadeiro jogador do Jogo da Vida, nessa Arena chamada Brasil...
Reflexão Poesia Cpoa do Mundo Brasil WorldCup
Ilustração by Ivan Navarro Sardella
----------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...