Share



O que muito hoje a humanidade necessita? Refletir...
Precisa buscar ajuda... Permitir-se intuir...
Encontrar caminhos para si e fazer-se companhia
Apoiar-se em Deus, dar créditos aos seus
Reencontrar-se com a VIDA e a POESIA.

É um convite a pensar, conversar
Meditar com palavras explícitas
Implícitas experiências do Coração
Dar mais um espaço à EMOÇÃO!
"...a POESIA é para comer, senhores..."


1/19/2018

Somos o que fazemos para ser...



“Somos o que fazemos, 
mas somos, principalmente, 
o que fazemos para mudar o que somos.” 
__Eduardo Galeano
Eduardo Galeano, Mar de Ser, O que verdadeiramente somos não requer definições mas Ser_Sentir, Semente de Ser, O que escondemos de nós_somos nós, Somos Mais!
_____________________________
imagem: Google imagens

Ao natural...



"Porque refletir, sentir é diferente de pensar
Quando penso na vida, ainda assim, penso-a ao natural
Como um brotar de flores
Na sua importância como o ar
Na clareza do sol a iluminar
Na benigna singeleza dos amores

Quando penso em vivenciar
Não imagino que encontros reais
Sejam sob luzes artificiais
Sejam para fomento de plateia
Ou ideia para ser como uma agenda, moenda,
Enquadrar o que vem depois
Sejam para envolver outros no que é a dois

Quando penso em beleza  de atos em espaço e lugar
Ou de encontros, como da luva e a mão nua
Nada supera o beijo do astro-rei à chegada da lua
Coisa de poeta... Não ter o dom de acreditar
Que tudo tem de ter combinação convencionada ou comercial 
Que tudo tem de ser coisa do mundo atual, apenas normal...
Coisa de poeta.... Não enxergar como valoroso o anzol
Ser encantado com o encontro do mar e o por-do-sol..."
___Valéria Milanês
#IamNature, Belezas da Natureza, Mar da Vida, Mar de Ser, NATUREZA, Natureza da Vida, Por do Sol, VALÉRIA MILANÊS
Imagem: Google imagens

1/11/2018

No profundo de ser...



“Aquele que procura pérolas deve mergulhar fundo.”
__John Dryden 
John Dryden, Mar da Vida, Mar de Ser, Mar_aMar, O que escondemos de nós_somos nós, O que verdadeiramente somos não requer definições mas Ser, Ser mar....Ser mais!
 Imagem: Google imagem

1/10/2018

Nada a dizer...



"Nada a dizer...
Todos os ecos de gemidos, cuidados e anseios 
bateram no muro da descrença, dos receios
Cada luz de alegria na reprodução de escuridão
Toda a beleza e riqueza do fluir, do sentir
de cada palavra amada foi enfeada 
com desdém, confusão de identidades, o que convém...
Ego, formação de holofote, enganos, ilusão... 
Deixando triste dor no coração.

Nada a dizer...
Tudo o que foi vislumbrado
- ao longo de anos, tempos, busca de momentos -
foi sombreado com vultos do passado; foi cegado
Nada ganhou expressão tamanha 
com tanta desconfiança tacanha
Cada sonho, energia ensolarada expressada,
foi subestimado, apagado... Ora na chuva, 
no planejado desencontro ou na ausência festejada.

Nada a dizer...
Apenas vivenciar o que é plantar e colher.
Nada a dizer...
Se nunca houve espaço para diálogo real
Nem mãos dadas, só simbologias vazias 
Repetidas fôrmas e supervalorização de quem erra
Nada a dizer...
Toda a semente jogada na terra
Chegou ao seu fruto afinal...

Nada a dizer...
É tempo de novo agir, novo refletir
Novo semear para novo florescer do querer
É tempo de ação... Genuína, grande ou miúda
Mão na massa a conquistar, encantar, refazer, parir
Inovação de viver, verdadeira expressão do ser
Pois o mundo à nossa volta reflete, repete
Não o início ou o fim, mas o meio
Do que estamos cheio, do que somos a muda..."
__Valéria Milanês


____________________________________________________________
Imagem:  Google imagens

1/01/2018

Mar_e_Ser....



"Em vez de olhar o mar de longe, 
mergulhe..."
__AD

 Imagem: pinterest.com

Que seja...





 e também




um



2018 Feliz!!!
feliz 2018 poesia reflexao blog
Imagens:Google imagens

12/31/2017

O novo, o renovo, de novo...


Há que se buscar até encontrar...
poesia reflexão happy new year Feliz 2018
Que encontremos em nós o infinito que somos 
e infinitamente sejamos... 
Mais!

Mistérios do Universo, Infinito, Além..., Viver Além..., Viver é mais, Feliz 2018, Feliz Olhar Novo, Happy New Year
Imagens: Google imagens

Ano Novo! Em nós... Desde sempre!



"Para ganhar um Ano Novo

que mereça este nome,

você, meu caro, tem de merecê-lo,

tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,

mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo

cochila e espera desde sempre."

__Carlos Drummond de Andrade 
Imagem: Google imagens

Receita de Ano Novo...




"Para você ganhar um belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo 
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)


Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver...
__ Carlos Drummond de Andrade*

______________________________________
* In, "Discurso de primavera e algumas sombras". Rio de Janeiro, 1979


Seja! Aja!
Faça! Viva!
Plante... Replante...
Reaja... Reveja!
Refaça... Reviva!
happy new year poesia reflexão Carlos Drummonde de Andrade
Resplandeça!

E tudo mais e melhor aconteça!!!
happy new year reflexão poesia
Imagens:  Google imagens

12/23/2017

Feliz Renascer! Feliz Navidad! Feliz Natal!



"...E que as pessoas possam ter consciência desse verdadeiro espírito de Natal...  
Que nesse Natal você possa entender que você vem para esse mundo sem nada... 
Você vai embora, você não vai levar nada...
Então, vamos, pelo menos,  deixar alguma coisa boa..."


"Que você nesse Natal entenda
O real sentido da data que veio ao mundo...
Um homem bom, destemido...
E que o dono da festa não possa ser esquecido
Olhe, repare, vindo lá do Pólo Norte, 
Num trenó cheio de luz, 
Papai Noel é lembrado muito mais do que Jesus
Ô balança incoerente!
Onde um saco de presente pesa mais do que uma cruz...
Eu sei, eu sei que dar presente é bom
Mas, bom mesmo é ser presente...!

Ser amigo, ser parceiro, ser o abraço mais quente
E que nossos olhos não enxergue só a gente
Que você, nesse momento, faça uma reflexão
Independente de crença, de fé, de religião
Pratique o bem sem parar
Pois não adianta orar se não existir ação
Alimente um faminto que vive no meio da rua
Agasalhe um indigente coberto só pela lua
Sua parte é ajudar, e o mundo pode mudar
Cada um fazendo a sua...

Abrace um desconhecido, perdoe quem lhe feriu
Se esforce para reerguer um amigo que caiu
E tente dar esperança para alguém que desistiu
Convença... Convença quem está triste 
Que vale a pena sorrir
Aconselhe quem parou que ainda dá para seguir
E para aquele que errou, dá tempo de corrigir

Faça o bem, meu Povo
Faça o bem por qualquer um
Sem perguntar o porquê
Parece fora de moda, soa meio que clichê
Mas, quando se ajuda alguém, o ajudado é você!
Que você possa ser bom
Começando de janeiro
E que esse sentimento seja firme e verdadeiro
Que a gente viva o Natal todo o ano

O ano inteiro..."
__Braulio Bessa (Poesia com Rapadura) - "Cordel de Natal"


"O Eterno te abençoe e te guarde; o Eterno faça resplandecer o Seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; o Eterno levante sobre ti o Seu rosto, e te dê a paz."


Hoje e sempre muitas realizações!
Seja contigo a paz e por através de ti!
E que a Luz do Mundo resplandeça em vossos corações...

São os sinceros desejos do nosso coração -  
Blog POESIA.com.REFLEXÃO.

Jose Feliciano feat. FaWijo - "Feliz Navidad" (Official Video 2016)
"Feliz Navidad", 1970 by  José Feliciano

________________________________________
Imagens: Google imagens

12/21/2017

Infinitamente__Ser...



"Escuta o canto do ser, ele tem mais de mil vozes. 
Olha a dança do ser, ela tem mais de mil passos.
... Aprenda a amar, amando..."
___Luiz Carlos Maciel

_________________
Imagem: Google imagens

Excessos...



"— Mestre, o que é veneno? 
— Qualquer coisa além do que precisamos é veneno"
__Rumi

"As pessoas tiram da vida exatamente 
o que investiram nela." 
__Joy Adason


...
Incluindo as faltas 
e
os excessos
...
Ou seriam os excessos de faltas!?
________________________
Imagens: Google imagens

O que realmente importa é fruto de dedicação... Ou não!



"A vida só se dá para quem se deu." 
__Vinicius de Moraes

Ana Jácomo, Excessos são venenos, Flores e Cores, Flores_Ser, o plantar e  colher, Tempo&Vida, Venenos de Ilusão, Tempo é Vida



“É nas miudezas que tudo aquilo que realmente 
importa se revela com maior nitidez.” 
__Ana Jácomo


________________________
 Imagem: Google imagens

Resultados...

Cultura da Individualização, expressões reais_versus_catalogações, O mundo e a realidade que constrói, o plantar e colher, Série: #Reflexões
Imagem: Google imagens

12/07/2017

Todo fruto ou flor vem de uma semente...


"Sementes de ontem, frutos de hoje, 
Sementes de hoje, frutos de amanhã! 
Por isso, 
não perca de vista o que você anda escolhendo 
para deixar cair na sua terra."
__Pe. Fábio de Melo

Imagem: Google imagens

"A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso, que a ideia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver.

Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existência as mais diversas formas de sementes.

Cada escolha, por menor que seja, é uma forma de semente que lançamos sobre o canteiro que somos.

Um dia, tudo o que agora silenciosamente plantamos, ou deixamos plantar em nós, será plantação que poderá ser vista de longe…

Para cada dia, o seu empenho. A sabedoria bíblica nos confirma isso, quando nos diz que “debaixo do céu há um tempo para cada coisa!”

Hoje, neste tempo que é seu, o futuro está sendo plantado. As escolhas que você procura, os amigos que você cultiva, as leituras que você faz, os valores que você abraça, os amores que você ama, tudo será determinante para a colheita futura.

Felicidade talvez seja isso: alegria de recolher da terra que somos, frutos que sejam agradáveis aos olhos!

Infelicidade, talvez seja o contrário.

O que não podemos perder de vista é que a vida não é real fora do cultivo. Sempre é tempo de lançar sementes… Sempre é tempo de recolher frutos. Tudo ao mesmo tempo. Sementes de ontem, frutos de hoje, Sementes de hoje, frutos de amanhã!

Por isso, não perca de vista o que você anda escolhendo para deixar cair na sua terra."  
(Padre Fábio de Melo)

As guerras mentem...



"Si algo he aprendido en la vida, 
es que la mentira se pone en contra de quien la inventa." 
__Jorge Luis Borges (1899-1986)


("Se algo aprendi na vida, é que a mentira é contra quem a inventa")
- Livre tradução -

Eduardo Galeano*, in, "As guerras mentem"
*(Montevidéu, 3 de setembro de 1940 – 
Montevidéu, 13 de abril de 2015) 
Legendas:  Em algum canto do espaço
Eduardo Galeano Poesia Reflexão Guerra Mundo Blog
Imagem:  Google imagens

Relativa exceção...



 “A mentira mais frequente é a que se conta para si mesmo; 
mentir para os outros é relativamente a exceção.”
__Friedrich Nietzsche


Reflexão Poesia Blog  Frantz Fanon,O mundo  realidade Essência mentira

“O avanço intelectual do homem depende 
de quantas vezes ele pode trocar uma velha crença 
por uma nova verdade.” 
__Robert Green Ingersoll

Friedrich Nietzsche, Robert Green Ingersoll, Frantz Fanon, O mundo e a realidade que constrói, Essência versus mentira, Poesia Reflexão
Imagens: Google imagens

10/19/2017

O além é muito além do ego e do basal...


'Eu não quero ter razão, 
quero é ser feliz', 
disse Ferreira Gullar

Imagem: Google imagens


_________________________________________________________

...e se não houver amanhã, você foi feliz HOJE?
Se a resposta for sim...  Que bom!

O que plantei, reguei...



"Podemos escolher o que plantar, 
mas somos obrigados a colher o que semeamos."
__Provérbio Chinês



                 Todos, sabedores ou não, plantamos muito (tudo e nada) ao longo da caminhada... E se me perguntam... - Como um poeta, que busca andar com a esperança, a fé, com as belezas da natureza, com o amor..., também vive a colher tanto mais diverso ou recebe dor?  A resposta mais complexa é simples: pelas infindáveis nuances da vida e de viver em cada ser. 
 Ou ainda...

               Podemos ser capazes de vislumbrar (sonhar) o que queremos viver, mas não o que vamos viver no sentido do sentir, no sentido de como as emoções, as sensações, o que nos alcança etc., em nós vão repercutir. Podemos e devemos querer buscar o melhor a viver e fazer, o que há de bem e bom, com relação a nós e aos outros. O que não quer dizer que sempre acertaremos com relação a nós mesmos e, principalmente, acerca de outro ser (ou seres), convivendo ou aproximado, e os impactos que recebemos (mesmo sem notarmos) com a energia desse outro ser (ou seu ego, superego), e que, às vezes, nos fazem ver e outras vezes nos deixam cegos...

       Em momentos mil e milhões, em sua passagem pelo mundo, a humanidade (e o poeta não está longe de tê-la) há de ter recebido de volta, "para si", em confronto com seu 'eu' (como 'expansão' de sua energia), cada ato (ou agir inexato), cada sentimento (bonito ou não), cada erro ou acerto (consciente ou não), cada verdade ou engano, cada aceite para a escravidão (seja escravo do trabalho, de valores distorcidos, ignorância, preconceito, negação etc.)... cada manifestação energética fluídica doada, espaçada ou semeada; há de receber de cada um desses, o fruto do seu grão.
      Exemplificando... Podemos querer "viver um grande amor", ser plenitude de querer se doar, amar e ser, mas se do outro lado só houver dúvida, fuga, escárnio, medo, ego, engano ou não superada dor, qual caminho haverá a andar?  "Ah, mas não cura tudo o amor?", alguns vão pensar. Mas não conseguem perceber (diferente de pensar, que é algo apenas mental): como tem flores que desabrocham e outras não; há quem queira cura, outros não...  E é salutar ter essa consciência... Melhor ter contato, por exemplo, com a tristeza plena de uma verdade a ser superada (e dar lugar ao novo) do que com fragmentada e irreal alegria, ou viver a mentira da deslealdade consigo mesmo ou sob os costumes de uma alma apequenada ou sem condição de real visão.
        O Amor é benigno e não força (pois, que beleza ou importância tem algo 'à força', algo que não seja de um fluir interior, espontâneo, ou mendigar presença na vida de quem já têm escolhas que não nos incluem verdadeiramente?). O amor é novidade de vida e não se impõe aos adeptos do "mais do mesmo", a quem com ele não queira se doar ou companhia no caminhar... Ou ainda, não se faz presente nem compactua com quem esteja preso nas masmorras da "atrativa impossibilidade", o "amor" idealizado, cultuado por ser impossível. Na verdade, o nome desse "amor" é outro...  Permanecendo o bem-querer (mas não o alastrar do engano semeado pelo outro lado), e o que aqui viemos saber, mais uma lição: dois juntos só andam bem se quiserem ser par, se quiserem um com o outro andar. Corações liberados para amar.


"O que eu plantei...
Foram caminhos que caminhei
Foram sementes que aprendi
Desde minha chegada aqui

O que eu plantei...
Foram também caminhos que desconstruí
Foram visões que adentraram em mim
Foram todos os não e todos os sim

Foram as derrubadas lágrimas 
e inesperadas alegrias 
Também todas as sensações que forcei 
e as que fluíram em magias

O que plantei...
São as verdades e enganos que são sobre mim
E o que apreendi sobre vão e os que não são
São as cores e flores que vi e as que não enxerguei

Foram a calmaria e revoltas que naveguei
Foram os sentidos que me fizeram aflorar
Foram as dores crescentes e a abandonar
O que percebi que é infinito, e as coisas só mentes

Hoje (tempo/caminhada recentes)
Com o fruto do que reguei
Com o crescimento à vista
Com o resultado seguro em minha mão

Não há surpresa em perceber
Como é real o pluriversal "plantar e colher"
Como vi só o que limitei a visão
Que o fruto veio da semente... Ilusão.
__Valéria Milanês
Imagens: Google imagens

Tempo-Espaço-Lugar...



"Foi o tempo que perdeste com tua rosa 
que fez tua rosa tão importante."
___Antoine de Saint-Exupéry

         

     Ou não...!  Com relação às questões tempo-e-espaço (principalmente no contexto de afazeres, planejamentos, prioridades e sensibilidade), muitas são as justificativas... Muitas delas repetitivas, cansativas etc., principalmente por faltarem com a transparência, a verdade...
      A partir daí, das impressões causadas, temos expressões populares pequenas (também conhecidas como 'sabedoria popular ou alma do mundo'), mas que resumem grandes verdades sobre ser, agir, ver e o "tempo-espaço-lugar" que cabemos ou nos colocam ou permitimos que nos coloquem,  ou seja, sobre participação, presença, compromisso, seleção de visão ou cuidados (seja em que área for: político, social, mental, amoroso...), que se encaixam tão bem, tipo:  

"Vai enganar outro!"

                   

Ou melhor ainda...




"Faça o que  'tiver de fazer'

 ou

O que quiser escolher viver... Cultiva"



         Mas...
         Num sinal importante de evolução/ autoconhecimento/
autoquestionamento...



Não engane mais alguém...
                          Nem a si mesmo...!

E...
Sejas feliz com tuas escolhas!
(conscientes ou não. E com suas consequências, com suas perdas...)

Afinal,
"E perder um defeito, ou uma deficiência, ou uma negação, sempre é perder".
___Fernando Pessoa

Imagens:  Google imagens

Imbecilizador e imbecializados...



"Não é impossível perceber quando queremos ver...
Não é difícil enxergar 
quando verdadeiramente estamos olhando
É possível sentir, ser, viver, realizar 
(e tudo mais quanto se crê...) 
a partir de nós mesmos 
- num balanço de discurso versus coerência; 
dando ou não a chave de nosso coração -,
se não elegemos mistificação, 
  doutrinadores (colonizadores),
o culto da cegueira, o culto à negação,
 o "culto da ignorância"..."
_Valéria Milanês
"Imbecializador Profissional" por Marcia Tiburi (Escritora/Filósofa)
via Canal Youtube Midia NINJA


Imagem:  Google imagens

Aforismos por Carlos Drummond de Andrade


Série:  Nossos Poetas



"Culpamos o clima pelos defeitos de nossa natureza."


"O avesso da mentira nem sempre é a verdade,
mas outra mentira."


"Como as plantas, a amizade não deve 
ser muito nem pouco regada."


"A todo momento estamos pregando mentiras 
a nós mesmo, e acreditando nelas".


"Certas amizades comprometem a ideia de amizade"
   

"Acreditar em nossa própria mentira 
é o primeiro passo
para o estabelecimento de uma nova verdade".


"A amizade é um meio de nos isolarmos
da humanidade cultivando algumas pessoas."
__ Carlos Drummond de Andrade*


e, claro... 
Em todo tempo em todo momento um...
Imagens: Google imagens

______________________________
*       "Assim como os antigos moralistas escreviam máximas, deu-me vontade de escrever o que se poderia chamar de mínimas, ou seja, alguma coisa que, ajustada às limitações do meu engenho, traduzidas um tipo de experiência vivida, que não chega a alcançar a sabedoria mas que, de qualquer modo, é resultado de viver.


         Andei reunindo pedacinhos de papel em que estas anotações vadias foram feitas e ofereço-as ao leitor, sem que pretenda convencê-lo do que penso nem convidá-lo a repensar suas idéias. São palavras que, de modo canhestro, aspiram e enveredar pelo avesso das coisas, admitindo-se que elas tenham um avesso, nem sempre perceptível mas às vezes curioso ou surpreendente."

-  Carlos Drummond de Andrade, em "O avesso das Coisas". São Paulo: Editora Record, 2007.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...